Palavra do presidente

 

Prezados Amigos Rodoviários,

Nos últimos anos registramos a falta de investimentos no setor de infraestrutura de transportes no País, com exceções em alguns estados da federação. Essa realidade afeta diretamente a economia brasileira e cria um passivo, pela falta da aplicação de recursos em áreas essenciais, que impedirá a recuperação e retomada do crescimento, em curto e médio prazo.

O Brasil possui economia forte e reconhecida mundialmente, mas requer urgência de investimentos na infraestrutura rodoviária, ferroviária, aeroportuária, portuária e hidroviária, dada a importância da circulação de mercadorias, produtos e negócios. É essencial incentivar o crescimento nas áreas do agronegócio, mineração, pecuária, turismo, indústria e comércio. Mas será em vão se não dotar o setor de transportes de condições favoráveis para essa expansão.

Um “novo” País pode estar nascendo neste momento, com todas as oportunidades que a situação proporciona.  Apesar do otimismo, força de trabalho e a certeza de grande nação são necessários investimentos e incentivos.  A engenharia brasileira, ávida por novos projetos, está pronta para os desafios que se apresentam. Com tecnologia, inovações, criações e empreendimentos nos setores públicos e privados, o setor tem condições e competência para encarar o cenário apresentado pelo desenvolvimento.

A sintonia entre governo federal, estadual e municipal, se faz necessária e urgente para a arrancada significativa rumo ao crescimento econômico. E neste contexto a ABDER, ao lado de seus parceiros, se apresenta mais uma vez capacitada a enfrentar e transpor as barreiras para alcançar as metas do avanço econômico e o crescimento desejados. E isso em pouco tempo, realizando o sonho de setores comprometidos com o Brasil.

Abraços,
Engº Riumar dos Santos
Presidente da ABDER